Formatação x Manutenção

A formatação – para solucionar problemas de lentidão – já não é um procedimento tão necessário como o que ocorria há vários anos atrás, principalmente para usuários que utilizam versões mais recentes do Windows.

Atualmente, a utilização de forma consciente – evitando que o sistema chegue ao limite (inclusive de espaço de armazenamento) – e manutenções preventivas são as melhores maneiras de evitar a formatação da máquina.

– Instale somente aplicações que sejam essenciais para o seu trabalho.
Vários programas podem ser substituídos por aplicativos online (que rodam diretamente do site, sem necessidade de instalação), aplicativos alternativos e mais leves ou aplicativos portáteis (que não necessitam de instalação e podem rodar em um pendrive), como os disponíveis no link:

http://portableapps.com/

Aplicações “pesadas” – como o Photoshop, CorelDraw, et.c – ocupam muito espaço no HD e demandam recursos de processamento, que poderiam ser destinados a outras tarefas.

– Desinstale aplicativos não utilizados
Quanto mais aplicativos estivem instalados no computador, maior será o espaço será ocupado em disco e mais lento será o acesso para acessar os dados.
Vários aplicativos também podem trazer funções que outros aplicativos, instalados no sistema, já possuem.
Para os arquivos gerados por aplicativos (planilhas do Excel, documentos do Word, manuais em PDF, etc.) que não estejam sendo utilizados, é recomendado que se faça um backup dos mesmos (em um DVD, por exemplo) e os mova para um HD externo ou drive virtual para liberar espaço no computador.

– Utilize aplicativos para limpeza e otimização do sistema
Existem várias opções de aplicativos – inclusive gratuitas e de qualidade – que oferecem maneiras de limpar e otimizar o sistema operacional, defragmentando o disco e corrigindo problemas no registro, por exemplo.

http://www.baixaki.com.br/download/advanced-systemcare.htm

http://www.baixaki.com.br/download/ccleaner.htm

A formatação é a última opção para resolver um problema no computador. Ela deve ser utilizada em casos extremos, em que não haja outras alternativas (vírus que não podem ser removidos com a ajuda de antivírus, etc.) ou a manutenção não tenha sido suficiente.

Existem casos também em que, devido ao tempo de uso contínuo, a manutenção e o uso consciente não estejam surtindo efeito e a formatação poderá melhorar o desempenho do computador.

– Crie pontos de restauração no Windows
A criação de pontos de restauração podem evitar uma formatação, caso haja algum problema, o qual poderá ser solucionado restaurando o sistema a partir do último ponto criado.
Nas versões 7 e 8 do Windows, digite na caixa de pesquisa o texto “Criar ponto” para exibir o link “Criar ponto de restauração” que abrirá a tela de propriedades do sistema com a opção para criar este ponto de restauração.

 

Perguntas